Inovação e Tecnologia

Novos cursos online para desempregados portugueses

As autoridades da região espanhola da Extremadura acabam de anunciar a abertura de dois novos cursos intensivos online destinados aos desempregados das zonas transfronteiriças, incluindo cidadãos portugueses.
Versão para impressão
As autoridades da região espanhola da Extremadura acabam de anunciar a abertura de dois novos cursos intensivos online destinados aos desempregados das zonas transfronteiriças, incluindo cidadãos portugueses, que poderão dar novas perspetivas a 120 pessoas de ambos os países.
 
O objetivo destes novos cursos, organizados pelo Servicio Extremeño Público de Empleo (SEXPE), através do Instituto de Qualificações e Acreditações espanhol, é contribuir para o desenvolvimento socioeconómico da região transfronteiriça através de uma aposta no fortalecimento do “desenvolvimento turístico sustentável e da conservação do seu meio natural”. 
 
As atividades de formação estão a ser promovidas no âmbito do Projeto Tejo Internacional II e dividem-se em dois cursos: “Ecoempreendedores na fronteira hispano-portuguesa” e “Pequenas Empresas na Fronteira: Criação, gestão e aplicação das TIC”.
 
De acordo com o site oficial da iniciativa, o primeiro curso terá uma duração de 205 horas online e cinco presenciais, durante as quais será efetuada uma visita ao Parque Natural Tejo Internacional, centrando-se a formação na divulgação de “oportunidades para empreender conservando o extraordinário património natural da zona”. 
 
Já o segundo curso terá uma duração de 165 horas, todas elas ministradas online, debruçando-se sobre o uso das tecnologias de informação e de comunicação (TIC) nas pequenas empresas para permitir que estas atuem “num mercado mais amplo, reduzindo custos e tempos de gestão”. 
 
Segundo o SEXPE, os cursos destinam-se “prioritariamente a cidadãos desempregadas da área transfronteiriça da Extremadura e Portugal com conhecimentos de informática na ótica do utilizador e que disponham de ligação à Internet”, sendo que cada um dos cursos receberá um máximo de 60 alunos. 
 
Os cursos, cofinanciados em 25% pelo Governo da Extremadura e em 75% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) vão decorrer entre Outubro e Dezembro e incluem formação em legislação dos dois lados da fronteira e introdução à língua portuguesa para uso empresarial. 

Clique AQUI para aceder ao site do SEXPE, onde pode saber mais sobre estes cursos e efetuar a candidatura aos mesmos. 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório