Saúde

Novo treino mental promete combater pessimismo

Uma investigadora britânica desenvolveu um programa que promete ajudar os mais pessimistas a desenvolver uma atitude mais positiva, em apenas sete semanas.
Versão para impressão
Uma investigadora britânica desenvolveu um programa que, em apenas sete semanas, promete ajudar os mais pessimistas a desenvolver uma atitude mais positiva. Alguns minutos de meditação diária e um exercício cognitivo baseado na visualização de imagens são os segredos deste novo treino.
 
Segundo explica a psicóloga Elaine Fox no site do programa Rainy Brain – Sunny Brain, “o pessimismo pode ser positivo porque nos ajuda a preparar para situações negativas que por vezes acontecem”. No entanto, diz Elaine, “o pessimismo pode acabar por invadir todas as áreas e momentos da nossa vida com consequências devastadoras para o nosso bem-estar”. 
 
Assim, a especialista britânica desenvolveu um programa cujos efeitos a BBC acompanhou num documentário emitido este mês no Reino Unido. Os efeitos do programa foram testados no apresentador de televisão Michael Mosley, que sofre insónia crónica há mais de 20 anos e que sentia a necessidade de se tornar uma pessoa menos pessimista.
 
Como ponto de partida, o cérebro do apresentador foi avaliado na Universidade de Essex, onde a psicóloga Elaine Fox leciona. Os resultados revelaram que Michael registava três vezes mais atividade no lado direito do cérebro, associado a pensamentos negativos e pessimistas e a uma visão negativa do mundo.
 
Estudos anteriores já provaram que as pessoas com altos níveis de ansiedade e sentimentos depressivos ou neuróticos revelam uma “assimetria cerebral” com maior atividade no lado direito do cérebro do que no lado esquerdo, no entanto ainda se desconhece as causas deste fenómeno.

Meditação e comportamento cognitivo

 
Depois, o apresentador foi sujeito ao programa da psicóloga, que consiste em duas formas de treino mental. O exercício de meditação tinha a duração de 20 minutos durante os quais Michael devia estar num local calmo, concentrando-se apenas nas sensações físicas e na respiração. 
 
Inicialmente a pessoa pode começar com 5 ou 10 minutos por dia de meditação, até chegar aos 20 minutos. O objetivo deste exercício é impedir que os pensamentos negativos se expandam e ocupem mais espaço do que devem.
 
O segundo exercício – conhecido como Cognitive Bias Modification (Alteração do Preconceito Cognitivo, em português) – consiste em olhar para um ecrã que exibe uma sequência de faces humanas, a maior parte delas com uma expressão zangada ou neutra e algumas com uma expressão feliz.

O objetivo era fazer com que Michael Mosley selecionasse, no computador, a cara feliz o que daria origem a uma nova sequência de expressões faciais, de forma a treinar o cérebro para se sintonizar nas emoções positivas com mais facilidade.

 
No documentário da BBC2, o apresentador Mosley afirma que se sente “espantado” pelo progresso registado. Ao fim de sete semanas de treino, começou a dormir melhor e sentiu uma disposição mais otimista. Por outro lado, foram feitos novos exames ao seu cérebro que revelaram uma assimetria menor entre a atividade do lado direito e do lado esquerdo.

 
Visite AQUI o site do programa “Rainy Brain – Sunny Brain” (Cérebro Cinzento – Cérebro Ensolarado, numa tradução livre para português) onde pode fazer um teste para saber se tem uma personalidade otimista ou pessimista e ainda experimentar alguns dos exercícios deste treino inovador.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub