Saúde

Novo teste deteta osteoporose em fase inicial

Os cientistas da NASA acreditam ter descoberto uma forma de diagnosticar osteoporose quando a doença ainda está em fase inicial. O teste, concebido originalmente para os astronautas, pode ainda ajudar a determinar outros problemas de ossos.
Versão para impressão
Os cientistas da NASA acreditam ter descoberto uma forma de diagnosticar a osteoporose quando a doença ainda está em fase inicial. O teste, concebido originalmente para os astronautas, pode vir a ser útil para determinar, também, outros problemas de ossos.

De acordo com a BBC, um teste criado para estudar a perda de estrutura óssea nos astronautas devido à microgravidade do espaço conduziu à possibilidade de diagnóstico precoce da osteoporose. O procedimento utilizado recorre à urina para procurar vestígios de calcificação óssea.

Atualmente, a doença pode passar despercebida durante anos, sendo muitas vezes diagnosticada numa fase em que os ossos já estão enfraquecidos e com possíveis fraturas. Assim sendo, a técnica desenvolvida pelos especialistas da NASA em conjunto com cientistas na Universidade Estadual do Arizona possibilita a análise da quantidade de isótopos de cálcio (átomos) e, consequentemente, o diagnóstico.

A pesquisa, que incluiu a análise de 12 voluntários, determinou também mais uma vantagem face aos testes bioquímicos comuns: o novo procedimento, além de possibilitar o diagnóstico precoce, indica uma medida exata da perda óssea, importante ao determinar a gravidade da situação.

Segundo o pesquisador Ariel Anbar, o novo método deverá, agora, ser submetido a mais testes com pacientes que sofram alterações ósseas. Em caso de sucesso, a técnica poderá vir a ser posta em prática não só com a osteoporose mas também com outras doenças que envolvam os ossos, nomeadamente o cancro.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório