Sociedade

Novo teleférico de acesso à Serra da Estrela

O proprietário do hotel termal e lúdico H2otel, em Unhais da Serra, Covilhã, Manuel Brancal, anunciou estar a preparar um projeto de construção de um teleférico para ligar aquela vila à Serra da Estrela.
Versão para impressão
[Imagem: © Pedro M P Neves/ Olhares]
O proprietário do hotel termal e lúdico H2otel, em Unhais da Serra, Covilhã, Manuel Brancal, anunciou estar a preparar um projeto de construção de um teleférico para ligar aquela vila à Serra da Estrela.

O projeto é uma parceria com a Câmara da Covilhã e uma empresa suíça, cujos estudos “estão já em andamento”, disse o empresário, acrescentando que “agora é uma questão de dinheiro”.

O projeto consiste na criação de um teleférico a partir do hotel que percorra todo o vale de Unhais, numa extensão de seis quilómetros, até à zona das Penhas da Saúde, permitindo um novo acesso à montanha mais alta de Portugal Continental.

“O hotel tem tido taxas de ocupação entre 90 a 100 por cento”, destacou o empresário, ao justificar a nova aposta.

O H2otel é um investimento de 15 milhões de euros do grupo Imobiliária Manuel Brancal, desenhado pelo arquiteto Jorge Palma, aberto desde final de 2008 com 90 quartos e classificação de quatro estrelas superior.

“Pensámos neste projeto desde que o hotel foi inaugurado”, sublinhou, por sua vez Carlos Pinto, presidente da Câmara da Covilhã.

A ideia “depende dos decisores do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN)”, considerando que “só se torna rentável se for comparticipada”.

O primeiro teleférico da Serra da Estrela começou a ser construído na década de 60, mas foi cancelado na década seguinte por alegada falta de segurança. Em Piornos ainda existe uma das estações base, atualmente em ruínas, sendo que a maioria das estruturas foram desmanteladas em 1999.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório