Mundo

Novo sistema de produção de energia das marés

O projeto "Deep Green" consiste numa enorme estrutura composta por 10 turbinas subaquáticas concebida para gerar energia através das marés. Recentemente, o projeto foi financiado em 2 milhões de dólares para o arranque da fase de testes. Uma vez oper
Versão para impressão
[Imagem: Minesto]

O projeto “Deep Green” consiste numa enorme estrutura composta por 10 turbinas subaquáticas concebida para gerar energia através das marés. Recentemente, o projeto foi financiado em 2 milhões de dólares para o arranque da fase de testes. Uma vez operacional, espera-se que a tecnologia da empresa sueca Minesto produza 500 megawatts de energia elétrica.

O projeto está a ser desenvolvido pela empresa Minesto que prevê iniciar a fase de testes de um modelo do sistema na Irlanda do Norte, em 2011.

O diretor técnico da Minesto, Ted Rosendahl, sublinha que as dimensões do novo sistema são mais reduzidas relativamente a outros engenhos do mesmo tipo, o que faz com que o “Deep Green” possa operar, de modo eficiente, em locais de maior profundidade e com baixas velocidades de corrente marítima.

Ted Rosendahl acredita que o modelo comercial do “Deep Green” possa estar disponível dentro de quatro anos, apesar dos obstáculos que ainda têm de ser vencidos: “Estamos neste momento concentrados na fase de desenvolvimento do projeto, pelo que há ainda muitos aspetos a serem estudados. Obviamente ainda existem particularidades ambientais que desconhecemos”, afirma à CNN.





Em declarações à CNN, Luke Blunen, do Grupo de Investigação em Energias Sustentáveis da Universidade de Southampton, refere que “a energia das marés tem a vantagem de ser previsível – particularmente no tempo em que ocorre – o que a torna num recurso precioso”.

“Embora implique maiores investimentos financeiros, penso que a sua credibilidade e eficácia sobrepõem-se a isso. Em si não elimina definitivamente os problemas energéticos, mas fará parte da solução”, acrescenta.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório