Ciência

Novo instituto de investigação nos Açores

O Governo Regional vai criar, na Terceira, uma unidade de investigação nas áreas da Biotecnologia e da Biomedicina que terá "uma grande ligação ao mundo empresarial" e promete colocar os Açores no mapa do desenvolvimento científico nacional de ponta.
Versão para impressão
O Governo Regional vai criar, na Terceira, uma unidade de investigação nas áreas da Biotecnologia e da Biomedicina que terá “uma grande ligação ao mundo empresarial” e promete colocar os Açores no mapa do desenvolvimento científico nacional de ponta.
 
José Contente, secretário regional da Ciência e Tecnologia, afirmou à Lusa que a investigação do Instituto de Biotecnolgia e Biomedicina (IBBA) deverá focar-se em questões do âmbito agrário e de saúde animal. Prevê-se ainda uma forte ligação aos dois principais hospitais açoreanos, em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo, para desenvolvimentos na área da Biomedicina.

Ainda assim, o projeto ainda se encontra numa fase de “definição dos conteúdos que o vão integrar”.

O arménio Garabed Antranikian é o perito em biotecnologia industrial que tem a função de consultor para o desenvolvimento do plano estratégico e das linhas de investigação a serem atribuídas ao IBBA.

Os Açores dão, assim, mais um passo no campo do desenvolvimento tecnológico e científico, um percurso já iniciado há dois anos, com a instalação de uma estação de rastreio da Agência Espacial Europeia (ESA), em Santa Maria.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório