Mundo

Novo Erasmus+ vai beneficiar 4 milhões de pessoas

O Parlamento Europeu aprovou esta terça-feira o programa Erasmus+, uma extensão do programa de intercâmbio académico da União Europeia.
Versão para impressão
O Parlamento Europeu aprovou esta terça-feira o programa Erasmus+, uma extensão do programa de intercâmbio académico da União Europeia. O programa passa assim a abranger não só alunos do ensino superior mas também alunos do ensino profissional e até profissionais como professores.

Este programa terá um orçamento de 14,7 mil milhões de euros (ou seja mais 40% de financiamento do que tinha antes de aumentar a sua abrangência) e irá disponibilizar o finaciamento para vários jovens, estudantes, profissionais de vários setores, escolas, empresas e organizações sem fins lucrativos. 

O Erasmus + vai durar pelo menos sete anos e arranca já em Janeiro. Numa altura em que cerca de seis milhões de jovens estão desempregados na UE, serão mais de quatro milhões de pessoas (jovens e adultos) a beneficiar deste novo apoio para estudar, receber formação, trabalhar ou fazer voluntariado no estrangeiro.

Os beneficiários das bolsas deste programa são vários: estudantes do ensino superior que poderão estudar ou receber formação no estrangeiro, estudantes do ensino profissional que receberão bolsas para frequentar uma formação ou trabalhar no estrangeiro e até professores e outros profissionais dedicados à educação e ou juventude que poderão também exercer a sua profissão noutro país.

O programa vai disponibilizar também financiamento para parcerias entre estabelecimentos do ensino superior, escolas, empresas e organizações sem fins lucrativos. Para além disso, pela primeira vez o “Erasmus+” inclui uma rubrica orçamental específica para o desporto.

Clique AQUI para saber mais no site oficial do Erasmus +.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub