Saúde

Novo centro de Saúde no Martim Moniz

Um novo centro de saúde será instalado na zona do Martim Moniz, integrado no espaço cedido pela Empresa Pública de Urbanismo de Lisboa EPUL numa das frações do empreendimento destinado à habitação jovem, cuja construção está parada desde 2003. A conf
Versão para impressão
Um novo centro de saúde será instalado na zona do Martim Moniz, integrado no espaço cedido pela Empresa Pública de Urbanismo de Lisboa EPUL numa das frações do empreendimento destinado à habitação jovem, cuja construção está parada desde 2003. A confirmação foi dada na passada quarta-feira pelo diretor de planeamento da EPUL, Alves Ferreira.

As condições do espaço já foram verficadas pelo secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro, mas resta agora proceder à avaliação do património do Estado para que, posteriormente, sejam acertados valores para o início da obra.

Em declarações à agência Lusa, o diretor de planeamento da EPUL avançou que Manuel Pizarro “mostrou vontade de adquirir uma fração para concretizar ali um Centro de Saúde”. Fonte da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS) explicou que esta intenção vem de um protocolo assinado no ano passado, que definia um “pacote de instalações de saúde em Lisboa”, algumas “construídas de raiz em terrenos cedidos pela Câmara de Lisboa” e outros instalados em empreendimentos da autarquia.

É o caso deste novo Centro de Saúde, que vai “corresponder à passagem de instalações de outros locais de saúde das redondezas, como por exemplo, parte das Mónicas e de São Nicolau”, adiantou fonte da ARS à Lusa.

A construção do empreendimento da EPUL destinado à habitação jovem – e onde será, aliás, instalado o Centro de Saúde – tem estado parada “porque o empreiteiro entrou em falência”, referiu Alves Ferreira.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório