Saúde

Novas unidades de cuidados de saúde até fim do ano

No âmbito da apresentação da segunda etapa da Reforma dos Cuidados Primários, o ministério da Saúde anunciou um total de 102 novas unidades de cuidados de saúde a entrarem em funcionamento entre os meses de setembro de dezembro deste ano.
Versão para impressão
No âmbito da apresentação da segunda etapa da Reforma dos Cuidados Primários, o ministério da Saúde anunciou um total de 102 novas unidades de cuidados de saúde a entrarem em funcionamento entre os meses de setembro de dezembro deste ano.

De acordo com a ministra da Saúde, Ana Jorge, serão constituídas 32 unidades de saúde familiar (USF), dez novas unidades de cuidados na comunidade (UCC) e mais 30 unidades de saúde pública.

De acordo com a edição online do Correio da Manhã, serão ainda criadas pelo menos 20 conselhos de comunidade inseridos nos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) para que avaliem a atividade e a prestação de cuidados aos utentes.

Nesta II Etapa da Reforma dos Cuidados Primários será também dada prioridade à investigação com a abertura de um concurso para financiamento de projetos de investigação no valor de um milhão de euros.

Para ultrapassar o problema da falta de recursos humanos, a ministra, que estava acompanhada do secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro, prometeu integrar no Serviço Nacional de Saúde (SNS) cerca de 90 % dos médicos que tenham concluído o internato na especialidade durante este ano.

Só em Lisboa o ministério prevê um investimento de 20 milhões de euros para novos centros de Saúde.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório