Ambiente

Novas candidaturas para Eco-Bairros

A Comissão de Coordenação de Lisboa e Vale do Tejo admite lançar novos concursos para o programa "Eco-Bairros" de forma a reaproveitar os quase seis milhões de euros de verbas comunitárias não usados nas candidaturas aprovadas em março nos bairros da
Versão para impressão
A Comissão de Coordenação de Lisboa e Vale do Tejo admite lançar novos concursos para o programa “Eco-Bairros” de forma a reaproveitar os quase seis milhões de euros de verbas comunitárias não usados nas candidaturas aprovadas em março nos bairros da Boavista, em Lisboa e em Vila Franca de Xira.

“Podemos voltar a abrir candidaturas nesta temática. Essa pode ser uma opção, mas ainda não foi apreciado”, disse à Lusa a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDRLVT), Teresa Almeida.

O valor total disponível pelos fundos comunitários da FEDER para os Eco-Bairros rondam os 12 milhões de euros, ficaram por usar quase seis milhões de euros que, segundo garante agora a mesma responsável, não serão desperdiçados.

“A ideia é replicar estes projetos-piloto noutros locais. Ainda estamos na fase de ponderar, mas julgamos que como era uma iniciativa inovadora, nunca tinha sido tratado este tema no âmbito comunitário, talvez por isso não tivesse tido tantas candidaturas que merecessem aprovação”, afirmou Teresa Almeida.

O projeto Eco-Bairros integra-se no eixo das Parcerias para a Regeneração Urbana do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Visa apoiar ações integradas de promoção da sustentabilidade, através de projetos-piloto de gestão de energia, água, resíduos, transportes, mobilidade e espaço público.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório