Saúde

Nova rede oncológica não encerrará serviços

A nova proposta para a Rede Nacional de Cuidados Oncológicos abandona a ideia de encerrar serviços e a aplicação de um número mínimo de casos, contudo, alguns hospitais deixam de poder fazer certos tratamentos relacionados com o cancro, conforme noti
Versão para impressão
A nova proposta para a Rede Nacional de Cuidados Oncológicos abandona a ideia de encerrar serviços e a aplicação de um número mínimo de casos, contudo, alguns hospitais deixam de poder fazer certos tratamentos relacionados com o cancro, conforme noticia esta quarta-feira a TSF.

A rede de cuidados oncológicos é um projeto antigo que está agora a ser posto em marcha pelo coordenador nacional da doença oncológica, Manuel Leitão Silva que já apresentou os princípios desta proposta à ministra da Saúde Ana Jorge.

Até ao final do ano espera-se que a rede nacional de cuidados oncológicos esteja concluída de norte a sul do país. A avaliação dos serviços nos hospitais será feita nos próximos meses, caso a caso.

O coordenador nacional quer dar mais qualidade ao tratamento e combate ao cancro. Por ano são diagnosticados mais de 40 mil casos de cancro em Portugal.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub