Cultura

Nova Iorque devolve artefactos ao Egipto

O Metropolitan Musem of Art de Nova Iorque, nos EUA, vai repatriar 19 artefactos encontrados no túmulo do faraó Tutankamon ao Egipto. A decisão foi anunciada pelo Conselho de Antiguidades egípcio.
Versão para impressão
[Fotografia: AFP]
O Metropolitan Musem of Art de Nova Iorque, nos EUA, vai repatriar 19 artefactos encontrados no túmulo do faraó Tutankamon ao Egipto. A decisão foi anunciada pelo Conselho de Antiguidades egípcio.

“Graças à generosidade e ao sentido ético do Metropolitan, estes objetos vão poder voltar a reunir-se aos outros tesouros do jovem faraó” que viveu há mais de três mil anos, comentou o chefe do conselho, Zahi Hawass, em comunicado.

As peças antigas são maioritariamente compostas por pequenos fragmentos, mas há quatro “com um interesse histórico mais significativo”, como um pequeno cão em bronze e um elemento de um bracelete que representa uma esfinge.

“Estes objetos nunca deveriam ter saído do Egipto e por isso pertencem legalmente ao governo do Egipto”, esclareceu o diretor do Museu, Thomas Campbell, em comunicado citado pela BBC.

As peças deverão ser expostas uma última vez em Times Square e no Metropolitan Museum, antes de regressarem em junho de 2011 para o Egipto.

A tumba de Tutankhamon, faraó da XVIII dinastia, supostamente morto quando tinha 18 anos após ter reinado por dez anos há mais de 3 mil anos, foi descoberta em 1922 pelo arqueólogo britânico Howard Carter.

O Egipto luta para conseguir obter de volta inúmeras antiguidades dispersas pelo mundo, argumentando que grande parte delas foi levada ilegalmente do país.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório