Fechar



Registe-se na nossa newsletter







Yoga pode tratar dores de costas crónicas

Sexta-feira, 17 de Agosto de 2012
Yoga pode tratar dores de costas crónicas
As dores de costas crónicas que habitualmente necessitam de um tratamento de 12 dias, podem ser aliviadas através da prática de yoga num espaço de quatro dias, refere um estudo levado a cabo pela University of York (UY), no Reino Unido.

Em comunicado, a UY revela que a investigação consistiu na avaliação dos efeitos de um programa especial de intervenção de yoga com pacientes de dor crónica de costas. 

Ao longo de 12 semanas, os investigadores dividiram 313 pessoas em dois grupos: um deles foi integrado no programa de yoga, intitulado “Yoga for Healthy Lower Backs”, e o outro continuou com o tratamento autónomo convencional, “General Practitioner” (GP).

O GP baseia-se em sessões de fisioterapia e prescrição de comprimidos capazes de aliviar as dores. O conjunto de pessoas do programa de yoga passou por aulas com 12 professores diferentes, durante as 12 semanas da ação.





FERRAMENTAS
Imprimir
RELACIONADO
SAúDE
COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus
Termos de serviço
MULTIMÉDIA
  • Voz de familiares ajuda a sair do coma
  • EUA: Golfinho resgatado faz 'dança de agradecimento'
  • Aparelho permite 'ouvir' através da língua
  • NASA apresenta a maior foto espacial de sempre...
  • Viktória Modesta: a primeira cantora pop biónica
  • Homem que só tem uma mão torna-se pianista famoso
  • Concurso oferece volta ao mundo até à Austrália
  • Exoesqueleto devolve mobilidade a pessoas paralisadas
  • Pedido de casamento durante concerto de Tuna
  • Cão segue dono que ia na ambulância até ao hospital
  • Jovem surpreende pais pagando hipoteca da casa
  • Google revela protótipo final de carro sem condutor
  • Macaco salva 'amigo' inanimado na linha de comboio
  • EUA: Congresso preserva filmes de Carmen Miranda
  • Cadeira 'obriga' as pessoas a mexerem-se
DESTAQUES


PÁGINAS AZUIS
The Agency.pt ®. Todos os direitos reservados 2011 - 2015.
O BoasNoticias.pt demorou 0.264 segundos a carregar