Fechar



Registe-se na nossa newsletter







UAçores realiza estudo inédito de raias gigantes

Segunda-feira, 30 de Abril de 2012
UAçores realiza estudo inédito de raias gigantes
© Lusa
A Universidade dos Açores está a realizar um estudo inédito junto de um grupo de jamantas (uma espécie de raia gigante) da região. O arquipélago é um dos poucos locais do mundo que permite aos turistas verem agregações destes animais marinhos.

Os cientistas do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores marcaram cinco jamantas junto ao banco submarino 'Princesa Alice', a 80 quilómetros a sul/sudoeste do Faial.

"É a primeira vez que se está a fazer este trabalho", afirmou Jorge Fontes, um dos responsáveis pelo estudo, em declarações à Lusa, acrescentando que se estão a usar pela primeira vez aparelhos de telemetria por satélite colocados no dorso destes animais.

As jamantas “permanecem algum tempo nos Açores”, especialmente durante o verão, e partem depois para sul, em busca de águas mais quentes.





FERRAMENTAS
Imprimir
RELACIONADO
AMBIENTE
COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus
Termos de serviço
MULTIMÉDIA
  • E se na rua fôssemos como nas redes sociais?
  • Já está à venda o pneu que nunca rebenta
  • Voz de familiares ajuda a sair do coma
  • EUA: Golfinho resgatado faz 'dança de agradecimento'
  • Aparelho permite 'ouvir' através da língua
  • NASA apresenta a maior foto espacial de sempre...
  • Viktória Modesta: a primeira cantora pop biónica
  • Homem que só tem uma mão torna-se pianista famoso
  • Concurso oferece volta ao mundo até à Austrália
  • Exoesqueleto devolve mobilidade a pessoas paralisadas
  • Pedido de casamento durante concerto de Tuna
  • Cão segue dono que ia na ambulância até ao hospital
  • Jovem surpreende pais pagando hipoteca da casa
  • Google revela protótipo final de carro sem condutor
  • Macaco salva 'amigo' inanimado na linha de comboio
DESTAQUES


PÁGINAS AZUIS
The Agency.pt ®. Todos os direitos reservados 2011 - 2015.
O BoasNoticias.pt demorou 0.288 segundos a carregar