Sociedade

Norte vai ter “botão de pânico” para emergências

O Norte do país vai passar a ter um "botão de pânico" à porta de 53 lojas e postos de turismo, para apoiar turistas nacionais e estrangeiros, em caso de dúvida ou de emergência. O sistema vai estar ligado a forças de segurança 24 horas por dia.
Versão para impressão
O Norte do país vai passar a ter um “botão de pânico” à porta de 53 lojas e postos de turismo, para apoiar turistas nacionais e estrangeiros, em caso de dúvida ou de emergência.
 
Este é um sistema de reforço da segurança, dirigido para turistas, que vai estar ligado diretamente às forças de segurança, como a PSP, GNE ou Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), durante 24 horas por dia.
 
Citado pela Lusa, o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, explicou que, apesar de o Norte já ser uma zona segura, esta iniciativa vai funcionar como um “complemento”, sendo que “a segurança hoje é fundamental para a promoção turística”.
 
Ao clicar no botão, que vai estar nas plataformas interativas instalados no exterior das lojas de turismo, é feita automaticamente uma ligação ao 112, para que os visitantes possam recolher toda a informação de que necessitam.
 
“A partir de agora todos os turistas, se tiverem uma dificuldade pessoal, um acidente momentâneo ou algum tipo de informação que pretendam, basta acionarem esse botão e têm toda a informação precisa”, sublinhou o presidente do TPNP.
 
Esta iniciativa, que resulta de uma parceria entre o TPNP e o Ministério da Administração Interna, vai ser apresentado esta sexta-feira na loja do Aeroporto Francisco Sá Carneiro.
 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub