Saúde

Norte: crianças terão transporte especializado

A partir do mês de abril as crianças e jovens até aos 18 anos em estado crítico de saúde passam a ter um novo sistema de transporte inter-hospitalar que abrange o norte do país, nos distritos de Bragança, Vila Real, Viana do Castelo, Braga, Porto, Av
Versão para impressão
A partir do mês de abril as crianças e jovens até aos 18 anos em estado crítico de saúde passam a ter um novo sistema de transporte inter-hospitalar que abrange o norte do país, nos distritos de Bragança, Vila Real, Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Viseu.

De acordo com notícia do jornal PÚBLICO, o protocolo que será assinado esta semana no Hospital de São João, onde vai funcionar a sede do sistema, prevê que o transporte será assegurado por uma ambulância do INEM equipada com o material indispensável à estabilização de doentes críticos.

A tripulação passa a ser composta por um técnico de emergência, um enfermeiro e um médico preparados para lidar com situações muito graves. “São profissionais habituados a ventilar e a entubar, uma equipa dedicada”, destaca Fernando Araújo, presidente da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN).

A ambulância funcionará 24 horas por dia, todos os dias e se necessário o transporte será feito de helicóptero. Este modelo apenas vai ser usado em situações muito específicas, como traumatismos e queimaduras graves, doenças raras, problemas cardíacos, transplantes, exemplifica Fernando Araújo.

A medida segue o modelo que já existia desde 1987 para os recém-nascidos de alto risco (bebés até aos 28 dias) e adota um tipo de resposta semelhante à que já está em funcionamento nas regiões Centro e Sul do país desde o ano passado.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub