iliving&trends

No supermercado social Valor Humano não há euros, apenas “santos antónios”

Foi inaugurado em Lisboa, na Junta de Freguesia de Santo António, o primeiro supermercado social "Valor Humano".
Versão para impressão
É um supermercado como os outros, porém esta iniciativa inovadora no país visa atender, de forma digna, às famílias carenciadas substituindo os conhecidos saquinhos de comida entregue às pessoas em fila. Além disso, o projeto dá autonomia e poder de escolha aos apoiados, permitindo melhor planeamento alimentar.

O supermercado disponibilizará não só produtos alimentares e de higiene, mas também vestuário e até brinquedos. Apenas carne e peixes não estão à disposição por motivos de segurança alimentar. Os produtos do mercado resultam de doações de comerciantes locais e são destinados apenas aos residentes desta freguesia, ou seja, mais de 1000 pessoas de 360 famílias.

moeda

A moeda aceite é o Santo António. As famílias receberão uma cota mensal de “dinheiro” para comprar os produtos. Um litro de leite, por exemplo, custa meio Santo António. A grande vantagem é que cada família tem autonomia para gerir o orçamento e escolher “o que” e “quanto” efetivamente precisa em casa. Futuramente será implementado um sistema de cartão magnético para acumular os créditos.

O projeto custou cerca de dois mil euros à Junta de Freguesia e espera-se que um dia ele deixe de ser necessário: quando isso acontecer, é sinal de que todos  os habitantes têm melhores condições de vida e poderão viver sem este auxílio.

*Artigo escrito em Português do Brasil

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub