Sociedade

Nadadores salvadores podem ficar isentos de propinas

NULL
Versão para impressão
Os estudantes universitários que queiram ser nadadores salvadores podem ter acesso a propinas reduzidas ou até ficar isentos, de acordo com as recomendações do grupo de trabalho criado para delinear uma estratégia integrada de prevenção e segurança balnear.

Segundo o relatório final deste grupo de trabalho, a que a Lusa teve acesso, para cativar os jovens para a atividade de nadador salvador é igualmente recomendada a criação de uma época especial de avaliação para estes estudantes.

O grupo de trabalho criado para analisar o modelo de segurança balnear propôs ainda a criação de um Observatório próprio para esta área e um mecanismo de financiamento do setor através de verbas do turismo.

Segundo a Lusa, o Observatório seria uma entidade sem fins lucrativos, mas com fins públicos, que se ocuparia da análise e reflexão dos assuntos referentes à prevenção e segurança das atividades realizadas nas praias, piscinas e recintos de diversão aquática.

O grupo de trabalho incluiu elementos da Presidência do Conselho de Ministros e de diversos ministérios, desde o Ambiente e Ordenamento do Território à Saúde, passando pela Administração Interna e pela Defesa, que coordenou o estudo. 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório