Espetáculos e Exposições

Museu do Oriente comemora Ano Novo Chinês

O Museu do Oriente organizou um conjunto de atividades temáticas para celebrar o ano Novo chinês que começa a 23 de Janeiro. Segundo o calendário lunar, o próximo ano Chinês será o ano do Dragão, símbolo de boa fortuna e felicidade.
Versão para impressão
O Museu do Oriente organizou um conjunto de atividades temáticas para celebrar o ano Novo chinês que começa a 23 de Janeiro. Segundo o calendário lunar, o próximo ano Chinês será o ano do Dragão, símbolo de boa fortuna e felicidade.

Nos sábados de 7 e 21 de Janeiro, decorrerá a oficina “A Lenda de Buda e dos 12 animais do Zodíaco”. Assim, entre as 11h e as 13h, as crianças poderão conhecer a lenda de Buda e dos animais que com ele celebraram o ano novo.

E a lenda conta o seguinte: como apenas apareceram 12 animais da floresta, Buda, sensibilizado com a sua presença, decidiu compensá-los atribuindo, a cada um, um ano do calendário lunar.

O ateliê decorrerá na Sala Beijing, acolhe um máximo de 25 participantes, é destinado a crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos e tem um custo de 5€ por inscrição. Para a sessão de 7 de Janeiro é necessária marcação prévia até dia 2 do mesmo mês, e para a sessão de 21 até dia 16.

Dia 21 Janeiro haverá ainda uma outra oficina, “Um Dragão por companhia”, que irá revelar as diferenças na forma como as civilizações ocidentais e orientais encaram o dragão. No início do ano confiado a este signo, os participantes deste ateliê são desafiados a compor um longo dragão recorrendo à arte milenar do recorte de papel.

A decorrer na sala Beijing, com horários das 14h30 às 16h e das 16h30 às 18h, o ateliê destina-se a todos os interessados com mais de 12 anos, alberga um máximo de 20 participantes e tem um custo de 4€ por inscrição. Para participar é preciso marcação prévia até 16 de Janeiro.

Na “véspera” do ano novo chinês, a 22 Janeiro, terá lugar a oficina sobre xilogravuras. Muito utilizadas para decorar as casas, as xilogravuras eram, inicialmente, consideradas como tendo poderes para afastar o mal. Também na Sala Beijing e horários das 14h30 às 16h e das 16h30 às 18h, a oficina destina-se a todas as famílias e crianças com mais de 4 anos, aceita um máximo de 20 participantes por sessão e tem um custo de 4€ por inscrição.

As comemorações contarão ainda com visitas orientadas ao núcleo da China da exposição Deuses da Ásia, nos dias 20 e 23 de Janeiro. Com um horário das 19h às 20h e um custo de 6€ por inscrição, as visitas destinam-se a adultos e aceitam um máximo de 25 participantes.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub