Mundo

Mulher celebra vitória sobre cancro da mama com tatuagem

Alison Habbal é uma australiana que lutou, durante um ano, contra um cancro da mama. Durante esse tempo projetou uma tatuagem para assinalar o seu "renascimento" e o resultado fez sucesso online.
Versão para impressão
Alison Habbal é uma australiana que lutou, durante um ano, contra um cancro da mama. Durante esse tempo projetou uma tatuagem para cobrir a zona do peito que foi retirara e assinalar o seu “renascimento. O colorido resultado está a fazer sucesso online.

Alison, que vive em Sydney, tinha 36 anos quando descobriu o tumor. A mulher sabia que, além do cabelo, perderia também o mamilo e que ficaria com cicatrizes no peido após a mastectomia. Em alternativa à reconstrução cirúrgica, Alison optou por fazer uma tatuagem na área.

Foi então que começou a procurar tatuagens na internet, até que se deparou com Makkala Rose, uma artista de 24 anos da Nova Zelândia com um estilo colorido e vistoso. Makkala foi até Melbourne para tatuar Alison, numa sessão que durou 13 horas. Os resultados foram depois publicados no Instagram.


"Porque não há mamilo, posso publicar a foto no Facebook e no Instagram e eles não podem censurá-la, o que acho muito engraçado", diz Alison, citada pela BBC.

A australiana foi ainda elogiada por Makkala, que diz que Alison foi “obrigada” a suportar 13 horas de trabalho intenso em áreas sensíveis e dolorosas. “Tatuar um seio é muito diferente de tatuar uma perna ou as costas. É um desafio desenhar algo que funciona nessa área”, explica Makkala.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub