Mundo

Mulher brasileira adotou 46 crianças

Flordelis dos Santos é uma ex-professora com uma família numerosa: além dos 4 filhos biológicos, a brasileira adotou 46 crianças desfavorecidas e salvou-as dos perigos da vida nas favelas. Atualmente, vivem numa casa na região metropolitana de Niteró
Versão para impressão
[Foto: Marie Claire Brasil]

Flordelis dos Santos é uma ex-professora com uma família numerosa: além dos 4 filhos biológicos, a brasileira adotou 46 crianças desfavorecidas e salvou-as dos perigos da vida nas favelas. Atualmente, vivem numa casa na região metropolitana de Niterói, Rio de Janeiro, e a sua história foi já adaptada ao cinema.

Filha de pais evangelistas, Flordelis foi também moradora da favela do Jacarezinho e sentiu as dificuldades de crescer nesse meio. Desde cedo, decidiu lutar contra o envolvimento das crianças da sua favela nos circuitos do tráfico de droga, tendo mesmo conseguido salvar um jovem da morte certa.

O acolhimento de crianças e jovens oriundos das favelas foi, por isso, uma ação natural: “Nunca planeei ter tantos filhos ou ter uma família grande. Foi uma coisa que aconteceu na minha vida, por causa do meu trabalho. Primeiro, cinco adolescentes da favela vieram morar comigo. Tinham vindo do tráfico [de droga] e queriam mudam de vida”, diz em entrevista à UOL Notícias.

No entanto, foi a chacina que ocorreu na Estação Central do Brasil, em 1994, que mudou verdadeiramente a vida da lutadora mulher. Tentando refugiar-se do tiroteio, 37 crianças apareceram à porta de sua casa – 14 delas eram bebés com idades entre um e três meses. Todas foram acolhidas por Flordelis.

A partir daí, Flordelis contou com a ajuda preciosa de amigos e outras pessoas solidárias com a sua causa para poder alimentar e alojar todas as crianças. Apesar de tudo, quando o caso chegou aos meios de comunicação social, a Justiça quis retirar-lhe a guarda das crianças.





Flordelis chegou a fugir da Polícia e a dormir na rua para continuar a proteger as crianças, até que uma advogada disponibilizou-se a ajudá-la e defendeu o seu caso perante o Tribunal de Menores. O juíz exigiu que a brasileira arranjasse melhores condições para todos e, atualmente, 40 das 46 crianças que adotou vivem consigo numa casa alugada de nove assoalhadas em Niterói.

Esta história de coragem foi contada no cinema por diversos atores brasileiros bem conhecidos do público, entre eles Letícia Sabatella e Reynaldo Gianecchini. A própria Flordelis participa no filme e diz que as receitas de bilheteira vão ajudá-la a comprar a casa de Niterói e garantir assim a estabilidade e segurança da numerosa família.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório