Mundo

Modelo “gorda demais” vence processo contra agência

Ananda Marchildon, uma modelo holandesa de 25 anos, venceu um processo judicial contra a agência Elite depois de ter sido despedida por ter as ancas "gordas demais".
Versão para impressão

Ananda Marchildon, uma modelo holandesa de 25 anos, venceu um processo judicial contra a agência Elite depois de ter sido despedida por ter as ancas “gordas demais”.

A modelo (na foto durante uma campanha para a Sloggi) foi a vencedora, em 2008, do concurso “Holland's next Top Model” tendo, em seguida, assinado um contrato com a agência Elite por um valor superior a 74 mil euros.

No entanto, quando ia realizar uma campanha de lingerie, a agência despediu a modelo sem pagar a totalidade do contrato, alegando que Ananda tinha engordado. A modelo mede 94 centímetros de anca e a agência exigia que reduzisse para 90 centímetros.

No entanto, esta quarta-feira, o tribunal deliberou que Marchildon já tinha 92 centímetros de anca quando assinou o contrato e que a Elite não poderia exigir que ela reduzisse a medida para 90 centímetros. O tribunal ordenou que a quantia em falta fosse paga à modelo.

O caso de Ananda Marchildon – que apesar de viver na Holanda desde os 10 anos nasceu no Canadá – está a ser amplamente divulgado na imprensa. No seu Facebook, Ananda também divulgou a sua vitória, recebendo mensagens de apoio de quem faz parte da sua rede.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub