Ambiente

Missão científica estuda corais frios dos Açores

O estudo dos corais frios existentes nos montes submarinos ao largo da ilha do Faial, no arquipélago dos Açores, é o objetivo da missão científica que começa hoje, sexta-feira, e tem a duração de 10 dias a bordo do navio de investigação "Gago Coutinh
Versão para impressão
O estudo dos corais frios existentes nos montes submarinos ao largo da ilha do Faial, no arquipélago dos Açores, é o objetivo da missão científica que começa hoje, sexta-feira, e tem a duração de 10 dias a bordo do navio de investigação “Gago Coutinho”.

Neste primeiro dia de missão os investigadores do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores serão acompanhados pelo secretário de Estado da Defesa e dos Assuntos do Mar, Marcos Perestrello, que fará a viagem até ao monte submarino “Condor”, a 22 milhas náuticas do porto da Horta.

Ao longo dos próximos 10 dias, os cientistas vão estudar os corais frios existentes naquele monte submarino e também no “Voador”, situado a 123 milhas náuticas da Horta.

Esta missão científica no mar dos Açores, em que também será utilizado o submarino ROV “Luso”, é financiada em 75 por cento por fundos comunitários, sendo os restantes 25 por cento assegurados pelo governo dos Açores.

Os corais frios, que podem viver mais de 1000 anos, são espécies prioritárias em termos de conservação, sendo particularmente importantes do ponto de vista económico, nomeadamente nas pescas, na prospeção mineral e na bioprospeção.

A investigação que hoje começa envolve cientistas do DOP, um centro de excelência e tecnologia que está em sétimo lugar na lista das organizações mundiais ligadas à exploração dos oceanos.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório