Negócios e Empreendorismo

Minas de Moncorvo vão receber investimento de 1000M

NULL
Versão para impressão

A empresa Rio Tinto, líder mundial do setor mineiro, prepara-se para investir mil milhões de euros em Portugal, na exploração de ferro nas Minas de Moncorvo. Este é um dos principais depósitos de ferro da Europa e, caso o negócio avance, vai permitir que a pequena vila transmontana se transforme numa “autêntica cidade”.

A informação foi avançada pela Lusa e confirmada pelo ministro da economia, Álvaro Santos Pereira. O Ministério informou que está a “desenvolver negociações com uma das maiores empresas do mundo para um grande investimento no setor mineiro em Portugal”, sem ter acrescentado pormenores quanto à empresa ou o local de exploração.

Os recursos estimados das minas de Torre de Moncorvo equivalem a 552 milhões de toneladas de minério e recursos inferidos de mil milhões de toneladas, segundo noticia a Lusa. O investimento da Rio Tinto, que deverá levar cerca de 10 anos até ser concretizado, vai permitir que a região sofra um desenvolvimento profundo.

A primeira mina a ser explorada vai ser a Mina da Mua, com reservas medidas e indicadas de 120 milhões de toneladas. O investimento está a ser negociado entre o Governo, a Rio Tinto e a empresa que possui a concessão da mina até 2070, a MTI – Minning Technology Investments.

“A MTI é uma empresa constituída por capitais nacionais e estrangeiros, que conta entre os seus acionistas com empresários e quadros técnicos de elevado valor e com uma vasta experiência mineira”, lê-se no site da empresa. A concessão das minas de Torre de Moncorvo foi obtida em Fevereiro de 2008.

Rio Tinto explorou durante anos Minas de Neves-Corvo

O objetivo da empresa é “instalar em Moncorvo um setor de desenvolvimento e inovação, com o objetivo de otimizar a produção, aprofundar os conhecimentos sobre as jazidas de minério de ferro de Moncorvo e manter o projeto sempre balizado com as mais avançadas tecnologias utilizadas na indústria internacional”.  A eficiência e sustentabilidade são duas das grandes preocupações do núcleo.

A notícia surge um mês depois de Álvaro Santos Pereira ter anunciado na RTP que existia, de facto, uma multinacional interessada em fazer uma grande investimento em Portugal. Este seria, aliás, um investimento que o anterior governo já teria começado a negociar, mas que só agora deu o passo em frente, com o reforço do interesse da Rio Tinto.

A Rio Tinto ainda não confirmou o negócio. A concretizar-se esta não seria a primeira vez que a empresa de exploração estaria em Portugal, já que investiu durante vários anos nas minas de cobre de Neves-Corvo.

[Notícia sugerida por João Marques e Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório