Inovação e Tecnologia

Milhões de livros armazenados num único chip

Uma nova tecnologia desenvolvida por investigadores da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, permite o armazenamento de 2.5 milhões de livros com mais de 400 páginas num único chip. Como? O sistema utiliza nanopontos magnéticos que a
Versão para impressão

Uma nova tecnologia desenvolvida por investigadores da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, permite o armazenamento de 2.5 milhões de livros com mais de 400 páginas num único chip. Como? O sistema utiliza nanopontos magnéticos que armazenam um bit de informação cada, o que permite juntar um bilião de páginas de informações num chip que cabe na palma de uma mão.  

Cada nanoponto consiste num íman com pólos que podem ser invertidos por via de um campo magnético externo, de forma a possibilitar a gravaçao de dados binários, à semelhança do que acontece com os discos rígidos, adianta o portal Ciência Hoje.

Os nanopontos são fabricados a partir de um cristal que cria sensores magnéticos. Estes podem ser integrados diretamente num chip de silício.

A investigação, liderada por Jagdish Narayan, demonstrou não só que o fabrico dos nanopontos é viável, como também comprovou a fiabilidade dos dados magnéticos neles guardados. 

A equipa de investigadores acredita que a tecnologia laser possa ser a mais indicada para a leitura dos dados gravados no chip. No entanto, ainda não há, efetivamente, uma técnica específica capaz de identificar os dados armazenados neste novo processo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório