Mundo

México: Cão toma conta de rapaz perdido na floresta

Juan Leal, um rapaz de 14 anos, esteve durante quase dois dias perdido numa serra mexicana. Quando foi encontrado, o jovem relatou que durante todo esse tempo teve a companhia de Max, um cão vadio que o aquecia durante a noite, relata o jornal Mileni
Versão para impressão
Juan Leal, um rapaz de 14 anos, esteve durante quase dois dias perdido numa serra mexicana. Quando foi encontrado, o jovem relatou que durante todo esse tempo teve a companhia de Max, um cão vadio que o aquecia durante a noite, relata o jornal Milenio
 
Depois de 40 horas de buscas, o adolescente foi encontrado com vida a cerca de cinco horas de caminho do local onde estava a acampar com um grupo da sua paróquia. 
 
Quando regressou a casa, Juan relatou que durante todas as horas em que esteve perdido o cão Max esteve sempre consigo, sendo fundamental durante as noites frias em que o jovem dormiu coberto de folhas e abraçado ao cão para não enregelar. 
 
Juan explicou que se perdeu durante uma caminhada em que se afastou um pouco do grupo e resvalou para uma ribanceira caindo, ferido, junto ao rio. 
 
O adolescente conta que o cão apareceu assim que Juan caiu na ribanceira e ficou com ele até ser encontrado e resgatado. 
 

O jovem manifestou a intenção de ficar com o animal mas o dono de um rancho local surgiu, entretanto, a reivindicar que o cão era seu e estaria perdido.

Notícia sugerida por António Resende

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub