Espetáculos e Exposições

“Meteorologia para Piano – duplicidade e cumplicidade”

"Meteorologia para Piano - duplicidade e cumplicidade" é um projeto de música e pintura da autoria do artista plástico Manuel d´Olivares e do pianista Miran Devetak, que nasceu depois de uma viagem aos Açores, tendo como inspiração o "anticiclone". A
Versão para impressão
“Meteorologia para Piano – duplicidade e cumplicidade” é um projeto de música e pintura da autoria do artista plástico Manuel d´Olivares e do pianista Miran Devetak, que nasceu depois de uma viagem aos Açores, tendo como inspiração o “anticiclone”. A exposição está patente até dia 21 de maio no Instituto Franco Português. A entrada é gratuita.

Nesta exposição, Manuel d´Olivares apresenta obras de pintura sobre tela simulando troços de parede, fragmentos de cartazes sobrepostos, deteriorados pelo tempo, com referências à meteorologia.

As obras em exposição são cúmplices dos temas musicais que Miran Devetak interpretou ao piano no dia da inauguração. Composições inspiradas na meteorologia e em elementos da natureza: água, fogo, tempestades, mares, paisagens de Céu e Terra.

Temas clássicos, de Beethoven, mais contemporâneos, Ligeti, passando pelo estilo romântico de Liszt e pelo impressionismo francês, Debussy e Messiaen, compõem o reportório musical que acompanha a pintura de Manuel d´Olivares em “Meteorologia para Piano – duplicidade e cumplicidade”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório