Cultura

Mestrado português entre os melhores do mundo

O Mestrado em Financas da Nova School of Business and Economies (Nova SBE), da Universidade Nova de Lisboa, foi distinguido, pela segunda vez, num ranking do Financial Times.
Versão para impressão
O Mestrado em Financas da Nova School of Business and Economics (Nova SBE), da Universidade Nova de Lisboa, foi distinguido, pela segunda vez, no ranking do Financial Times. De acordo com a publicação, o mestrado português volta a afirmar-se como um dos melhores do mundo.
 
A Nova SBE reforçou a sua posição como escola modelo no que toca ao Mestrado em Finanças, ao posicionar-se no 21º lugar do ranking do Financial Times. De acordo com o comunicado divulgado pela instituição, o seu programa foi considerado o mais internacional de todos, e a subida de oito posições face ao ranking do ano anterior tornou-a na escola que mais evoluiu.
 
O programa do curso foi um dos fatores que impulsionou a SBE para o privilegiado estatuto. A combinação entre a teoria e a prática e a vasta diversidade nacional, tanto no corpo docente como no estudantil, foram imprescindíveis para que o mestrado fosse distinguido.

Outro dos aspetos salientados pelo Financial Times foi a realização de viagens internacionais, em visitas de estudo, como forma de expor os estudantes à realidade mundial.
 

A empregabilidade foi considerada o fator-chave do mestrado, uma vez que os graduados têm sido constantemente colocados nos maiores centros financeiros do mundo, desde Londres a Madrid, passando por São Paulo e Nova Iorque.
 
Este reconhecimento vem reforçar a afirmação internacional da Nova SBE após outras três distinções por parte do Financial Times em edições anteriores, nomeadamente dos mestrados de Gestão, de Gestão Internacional e de Formação Executiva.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub