Mundo

Menino vende os seus brinquedos para ajudar irmão

Aaron Clark, de 11 anos, é portador de Síndrome de Down e precisa de uma educação especial. Para contribuir para a escola do seu irmão gémeo, Jason decidiu vender todos os seus brinquedos e montar uma associação.
Versão para impressão
Aaron Clark, de 11 anos, é portador de Síndrome de Down e precisa de uma educação especial. Para contribuir para a escola do seu irmão gémeo, onde quer montar um programa de jardinagem, Jason decidiu vender todos os seus brinquedos e montar uma associação.

De acordo com o jornal britânico 'Daily Mail', o menino conseguiu angariar, durante o último ano, cerca de 400 libras (por volta de 547 euros) para contribuir para a educação do irmão.

Jason está a ainda a criar uma associação, a 'Suport The Noun', para angariar fundos para as crianças com deficiência e para criar um programa de jardinagem na escola de Aaron.

Além da venda dos seus brinquedos em bancas que o próprio organizou, o menino colocou diversas caixas de donativos em várias lojas espalhadas pelo Reino Unido e já organizou duas festas de beneficiência.

Estes fundos serão destinados à Greenacre School, a escola de educação especial que Aaron frequentou durante os últimos cinco anos, para a criação do programa de jardinagem.

O dinheiro angariado servirá para a aquisição de ferramentas de jardinagem, para que as crianças mais velhas aprendam a ser jardineiros, de forma a que, no futuro, tenham um emprego que lhes permita obter o seu sustento.

“Eles sempre foram muito próximos. Têm um vínculo muito único e especial. Não são apenas irmãos gémeos, são também os melhores companheiros do mundo”, explica ao jornal britânico a mãe dos gémeos, Lynn Clark.

Jason não deixa que o irmão se sinta inferior

“Ele tem uma personalidade amorosa e tem sido muito protetor com o Aaron”. Lynn contou ainda que os gémeos têm uma linguagem muito própria, e muitas vezes é Jason quem traduz as palavras do irmão.

“O Jason não deixa o Aaron sentir-se diferente. Está sempre a encorajá-lo e a ensinar-lhe coisas, por exemplo, foi ele que ensinou o irmão a andar de bicicleta, a jogar futebol e até como usar o iPad”, acrescenta a mãe.

Jason contou à mãe que, quando for grande, gostaria de ter o seu próprio negócio, de forma a conseguir comprar uma casa para o irmão gémeo e dar-lhe os cuidados que ele precisa.

“Estou muito orgulhosa do Jason, ele é mesmo uma criança muito amorosa. (…) Tenho a certeza de que nunca deixará o irmão sozinho”, reforçou a mãe desta família que residente em South Yorkshire, no Reino Unido.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório