Mundo

Menino que recebeu cinco órgãos regressou a casa

Ibai Uriarte, o menino espanhol de quatro anos que foi submetido a um transplante múltiplo para poder sobreviver a um tumor raro, já recebeu alta e regressou a casa, em Zaratamo, no País Basco. A operação foi possível graças à doação de órgãos de uma
Versão para impressão
[Fotografia: Hospital La Paz, em Madrid]

Ibai Uriarte, o menino espanhol de quatro anos que foi submetido a um transplante múltiplo para poder sobreviver a um tumor raro, já recebeu alta e regressou a casa, em Zaratamo, no País Basco. A operação foi possível graças à doação de órgãos de uma criança portuguesa.

O procedimento, que demorou mais de seis horas, decorreu a 29 de dezembro, um mês depois de Ibai ter sido operado no hospital basco de Cruces para extrair um tumor “muito grande” que tinha no abdómen.

O menino recebeu um transplante múltiplo de órgãos – duodeno, intestino, pâncreas, estômago e fígado – doados por uma família portuguesa que havia perdido a filha.

Os pais de Ibai reforçaram, por isso, o seu agradecimento pelo gesto de solidariedade do casal português, afirmando ao jornal El País que, sem eles, “não teria sido possível [salvar o menino]”.

A criança de quatro anos deixou o Hospital La Paz, em Madrid, na passada quinta-feira. A saída já tinha estado prevista por duas vezes, mas foi adiada até “as análises estarem bem”, referiu o pai, Javier Uriarte. Agora, “foi-nos dito que poderíamos voltar à nossa terra”, acrescentou.

[Notícia sugerida pelas utilizadoras Elsa Martins e Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub