Saúde

Medicamentos mais baratos até 31 dezembro

A partir desta quarta-feira as farmácias têm de vender os medicamentos comparticipados com o desconto de 6% definido em outubro, depois de terem sido dados três prazos para o escoamento das embalagens com preço antigo.
Versão para impressão
A partir desta quarta-feira as farmácias têm de vender os medicamentos comparticipados com o desconto de 6% definido em outubro, depois de terem sido dados três prazos para o escoamento das embalagens com preço antigo.

Conforme escreve a Lusa, no dia 07 de outubro foi publicada em Diário da República a portaria que define a baixa administrativa de 6% do preço dos medicamentos.

Inicialmente, a Autoridade Nacional da Farmácia e do Medicamento (Infarmed) deu às farmácias até ao dia 14 de novembro para escoarem os remédios com o preço antigo, passando depois esse prazo para o dia 30 de novembro.

A ministra da Saúde, Ana Jorge, justificou estes sucessivos adiamentos com o risco da ruptura de stocks. Um problema de, segundo as farmácias, continua a manter-se já que têm de devolver à indústria todas as embalagens com o preço antigo e poderá haver problemas nas reposições.

A medida fica accionada até dia 31 de dezembro, já que a 1 de janeiro entra em vigor o novo sistema de preços de referência a partir do qual são definidas as comparticipações do Estado e que se traduzem num aumento para a fatura dos portugueses.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub