Cultura

Matosinhos: Escola de Design recusa pele animal

A Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos vai assinar, quinta-feira, uma Declaração de Compromisso Ético, na qual se assume contra a utilização de pêlo e pele de animais como matéria-prima para a produção de moda.
Versão para impressão
A Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos vai assinar, quinta-feira, uma declaração pública pela não utilização de pêlo e pele de animais como matéria-prima para a produção de moda. A declaração é assinada durante a Semana Aberta da ESAD, altura em que a instituição abre as portas ao público em geral.
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a ESAD refere que, “em pleno século XXI, com uma imensa variedade de materiais tecnologicamente evoluídos à disposição, não faz sentido que um designer de moda” recorra “à continuação do sacrifício inútil e cruel de centenas de milhares de seres sensíveis à dor”.
 
“Este compromisso, que abrange toda a licenciatura de design de moda, reunindo um amplo consenso entre os seus corpos docente e discente, é tomado de forma pública, testemunhado pelos presentes e pelos representantes da defesa animal”, acrescenta a escola.
 
A declaração tem o apoio de toda a Licenciatura de Design de Moda, reunindo um consenso entre o corpo docente e os alunos, e será assumida de forma pública, testemunhado pelos presentes e pelos representantes da defesa animal.

[Notícia sugerida por Diana Rodrigues]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório