Ciência

Matemática: Portugal com 3 medalhas nas Olímpiadas

NULL
Versão para impressão

Os quatro portugueses que participaram nas Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática ganharam duas medalhas prata, outra de bronze e ainda uma menção honrosa. Este foi a melhor prestação dos portugueses até agora, com 102 pontos coletivos, nas Olimpíadas que se realizaram na Costa Rica, em San José.

Este foi o melhor resultado de sempre da representação portuguesa, naquela que é já a 26ª edição das Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática (OIAM), segundo informação avançada pela estação Sic Notícias.

Os quatro estudantes alcançaram 102 pontos coletivos, subindo a fasquia nos resultados atingidos por alunos portugueses, já que a anterior melhor marca portuguesa era de 75 pontos.

As duas medalhas de prata foram da responsabilidade dos estudantes Raul Penaguião (da Escola Secundária Santa Maria – Sintra) e Frederico Toulson (do Colégio Valsassina – Lisboa).

As expectativas

Dias antes das provas, que se realizaram nos dias 27 e 28 de setembro, o coordenador geral das Olimpíadas, Luís Merca Fernandes, disse à Agência Lusa, que “as expetativas eram altas, e que o objetivo era trazer pelo menos uma medalha”.

“Nos últimos anos, Portugal, a nível de competições internacionais em Matemática, começou a ter resultados mais ou menos consistentes, trazendo medalhas quase todos os anos. É preciso manter esta cadência de continuar a preparar os jovens”, adiantou o coordenador geral das Olimpíadas à Lusa.

A competição envolveu cerca de oitenta alunos e vinte países. De acordo com Luís Merca Fernandes, a competição nas OIAM teve duas provas, cada uma com três problemas.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório