Ambiente

Mata Nacional do Buçaco ganha certificação mundial

A Mata Nacional do Buçaco acaba de tornar-se a primeira mata nacional em Portugal a receber a certificação internacional de gestão florestal atribuída pelo prestigiado Forest Stewardship Council - FSC®.
Versão para impressão
A Mata Nacional do Buçaco acaba de tornar-se a primeira mata nacional em Portugal a receber a certificação internacional de gestão florestal atribuída pelo prestigiado Forest Stewardship Council – FSC®, certificação que, além de garantir a sustentabilidade do espaço, deverá atrair mais turistas ao local. 
 
A notícia da atribuição da certificação foi revelada esta semana, em comunicado, pela Fundação Mata do Buçaco, que explicou que o processo com vista a submeter a certificação internacional teve início há cerca de um ano, envolvendo a consulta e apoio de várias unidades, entre as quais o Grupo Unimadeiras e a Universidade de Aveiro, que há mais de uma década trabalha no local.

Segundo a Fundação, a certificação da gestão florestal “tem como objetivo primordial a promoção da gestão sustentável da floresta, que compreende a sua utilização tendo em conta tanto os aspetos económicos, como os ambientais e sociais”, trazendo “inúmeros benefícios”.
 
Entre estes benefícios, adianta o comunicado, estão assegurar uma gestão florestal sustentável, promover a empregabilidade e rentabilidade dos espaços florestais, criar 'referência' reconhecível a nível regional, nacional e internacional, garantir a qualidade dos serviços e produtos explorados e aumentar a visibilidade do espaço, estimulando o turismo e a economia local e regional.
 
A Fundação Mata do Bucaço “está assim inequivocamente comprometida em assegurar a manutenção da saúde e vitalidade dos ecossistemas florestais, das suas funções produtivas, e ainda a conservação e melhoria adequada da diversidade biológica”, além de estar “também obrigada a uma correta gestão das relações de vizinhança, mantendo e melhorando as funções e condições socioeconómicas da região onde se insere”.
 
Certificação internacional é “um grande orgulho”
 
Em declarações à Lusa, António Jorge Franco, presidente da Fundação Mata do Bucaço, afirmou que a certificação é o “reconhecimento de todo o trabalho realizado pelos colaboradores e parceiros”, sobretudo nos últimos quatro anos, desde a criação da entidade gestora.
 
“É um grande orgulho saber que entidades externas reconhecem o trabalho efetuado”, considerou, dizendo acreditar que a certificação vai trazer à mata um aumento do número de turistas, número que, nos últimos anos, se situou nos 200 mil (cerca 40% dos quais estrangeiros). 
 
Além disso, António Jorge Franco antecipou ainda que, agora, mais parceiros se juntem à Fundação, e falou em “mais responsabilidades” em consequência deste reconhecimento.

“A mata vai ser um espaço devidamente cuidado, seguindo as regras de sustentabilidade da floresta, biodiversidade, respeito pelos ecossistemas e conservação do meio ambiente”, garantiu.

Clique AQUI para fazer uma visita virtual à Mata do Buçaco. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub