Ambiente

Mata do Buçaco ganha nova vida

A Mata Nacional do Buçaco está a ser alvo de uma requalificação que visa preservar o seu património e chamar a atenção para a riqueza deste espólio. Após um período de «quase total abandono», a Fundação Mata do Buçaco quer recuperar aquela centenária
Versão para impressão
A Mata Nacional do Buçaco está a ser alvo de uma requalificação que visa preservar o seu património e chamar a atenção para a riqueza deste espólio. Após um período de «quase total abandono», a Fundação Mata do Buçaco quer recuperar aquela centenária Mata Nacional preservando e desvendando o seu património único a cada vez mais visitantes.

A Fundação Mata do Buçaco (FMB) foi criada há um ano com o objetivo de relançar o turismo daquele espaço que tem atualmente, segundo declarações do presidente do conselho de Administração da FMD à agência Lusa, muitos problemas de manutenção por falta de investimento mas que tem um valor patrimonial.

“Esperamos que o Estado nos apoie na candidatura a fundos comunitários e nas contrapartidas nacionais. Uma das nossas grandes prioridades é o centro interpretativo”, referiu, destacando também os projetos para recuperar a Via-Sacra, “exemplar único no mundo”, e o investimento nos trilhos turísticos, além da necessidade de reflorestação de algumas áreas.

A mata foi criada pelos monges Carmelista e tem 105 hectares e contem espécies como sequoias e as araucárias, mas a sua maior árvore é um “Eucalyptus Regnans”, com 73 metros.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório