Cultura

Manoel de Oliveira celebra 103 anos com novo filme

NULL
Versão para impressão
Manoel de Oliveira fez, este domingo, dia 11 de Dezembro, 103 anos. Mas além do aniversário, o realizador mais idoso do mundo tem várias razões para celebrar: está a terminar um filme que estreia no próximo ano em Cannes e acaba de conquistar o 2º lugar na lista de filmes do ano da revista Cahiers du Cinéma.
 
Manoel de Oliveira celebrou o seu 103º aniversário junto da família, no Porto. Além do aniversário, o realizador mais internacional do país celebra a conclusão das filmagens do seu novo filme que tem no elenco atores como Michael Lonsdale, Jeanne Moreau, Claudia Cardinale e Luís Miguel Cintra.
 
Baseado numa peça de quatro atos do escritor português Raul Brandão, “O Gebo e a Sombra” acompanha a vida de um honesto contabilista que cumpre os seus deveres mas esconde da sua esposa que o filho João (a Sombra) rouba o patrão.

Cahiers du Cinéma e mais um filme em 2012
 
Além de mais um filme, Manoel de Oliveira recebeu outra boa notícia: o seu anterior filme “O Estranho Caso de Angélica” ficou no segundo lugar na lista de melhores filmes do ano da mítica revista Cahiers du Cinéma, ao lado da obra de Terrence Malick, “A árvore da vida”. Em primeiro lugar ficou “Habemus Papam” de Nanni Moretti.
 
Para o ano, o cineasta mais velho em atividade avançará ainda com “A Igreja do Diabo”, a partir do livro de Machado de Assis, e onde junta dois nomes maiores do Brasil: Fernanda Montenegro e Lima Duarte. Ricardo Trêpa, neto do realizador, integra, uma vez mais, o elenco.

Foi há 80 anos que a carreira de cineasta portuense arrancou, com o documentário “Douro, Faina Fluvial” a marcar o início de seis décadas de filmes, que passam por títulos como “Aniki Bóbó” ou “Vale Abraão”.

[Notícia sugerida por Elsa Martins, Maria Manuela Mendes e Raquel Baêta]  

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório