Sociedade

Mais homens em licença de parentalidade

O número de homens a tirar licença de parentalidade para tratar dos filhos nos primeiros anos de vida aumentou no último ano. Segundo dados do Ministério do Trabalho e Solidariedade Social divulgados ontem, o número passou de 605 em 2008 para 12 mil
Versão para impressão
O número de homens a tirar licença de parentalidade para tratar dos filhos nos primeiros anos de vida aumentou no último ano. Segundo dados do Ministério do Trabalho e Solidariedade Social divulgados ontem, o número passou de 605 em 2008 para 12 mil no ano passado.

O decreto lei está em vigor desde maio de 2009 e pretende incentivar uma maior presença do homem após o nascimento dos filhos.  Os dados vêm agora comprovar a eficácia da medida com uma média de um em cada quatro processos de pedido de parentalidade são requeridos por homens. 

O tempo de licença do pai continua a ser muito inferior ao das mulheres, embora a legislação só obrigue a mãe a ficar seis semanas em casa após o parto. Dos 12 207 processos de homens dispostos a partilhar a licença, 11 844 requeriam pelo menos 30 dias e 363 solicitavam menos de um mês.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório