Ambiente

Mais de 600 mil votaram nas 7 maravilhas

Ao fim de nove meses de votações, mais de 600 mil portugueses escolheram os sete fenómenos naturais que consideram os mais belos. Sete paisagens foram escolhidas entre 21 candidatas às Maravilhas Naturais de Portugal. Os prémios foram anunciados este
Versão para impressão
Ao fim de nove meses de votações, mais de 600 mil portugueses escolheram os sete fenómenos naturais que consideram os mais belos. Sete paisagens foram escolhidas entre 21 candidatas às Maravilhas Naturais de Portugal. Os prémios foram anunciados este sábado à noite, numa cerimónia em Ponta Delgada.

Floresta Laurissilva (Madeira), Parque Nacional da Peneda–Gerês (Norte), Grutas de Mira de Aire (Centro), Lagoa das Sete Cidades (Açores), Portinho da Arrábida (Lisboa e Vale do Tejo), Ria Formosa (Algarve) e Paisagem Vulcânica do Pico (Açores). Estas são as 7 Maravilhas Naturais de Portugal escolhidas pelo público português.

O arquipélago dos Açores foi, assim, o grande vencedor das “Sete Maravilhas Naturais de Portugal”, tendo sido a única região do país que conseguiu duas vitórias.

Na região dos Açores, os portugueses escolheram a Lagoa das Sete Cidades – que venceu a categoria Zonas Aquáticas não Marinhas-, e a Paisagem Vulcânica do Pico, que ganhou a categoria Grandes Relevos.

As candidatas ao título inseriam-se em sete categorias: Zonas Marinhas, Grutas e Cavernas, Praias e Falésias, Florestas e Matas, Grandes Relevos, Áreas Protegidas e Zonas Aquáticas Não Marinhas. A votação terminou no dia 7 de Setembro, alcançando um total de 656.000 votos.

A New 7 Wonders Portugal espera que este “prémio” promova a preservação da natureza, da mesma forma que a eleição das 7 Maravilhas ajudou a conservar os monumentos escolhidos: a visita a estes locais aumentou 30% após a sua nomeação como Maravilha.

Pretende-se o mesmo para as Maravilhas Naturais, uma vez que esta operação “foi um sucesso”, assumiu Luís Segadães.

“Zain”, um espétaculo de luz e cor

Sete atos desvendaram as Maravilhas Naturais de Portugal num espetáculo de luz, cor e música criado por Franco Dragone – que durante dez anos dirigiu as produções do Cirque du Soleil -, em co-produção com a Tavola Nostra.

“Zain”, o espetáculo da Ponta Delgada, contou ainda com a participação de Mariza num dos momentos altos da noite, onde a fadista subiu ao palco com mais 61 artistas de todo o mundo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório