Sociedade

Mais de 56 mil pessoas pedem fim de desperdício

A Petição pública contra o desperdício alimentar já conta até agora com 56.500 assinaturas de pessoas que querem ver milhares de refeições que todos os dias sobram em restaurantes, cantinas e refeitórios  a serem aproveitadas e distribuídas por
Versão para impressão
A Petição pública contra o desperdício alimentar já conta até agora com 56.500 assinaturas de pessoas que querem ver milhares de refeições que todos os dias sobram em restaurantes, cantinas e refeitórios  a serem aproveitadas e distribuídas por quem precisa.

Entretanto a ASAE (Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica) e a AHRESP (associação que representa a hotelaria e os restaurantes) já se manifestaram sobre este problema e mostraram-se disponíveis para criarem uma rede de recolha.

A ASAE, de acordo com a  Rádio Renascença, impõe apenas por lei que a comida seja transportada em viaturas com refrigeração. Algumas autarquias já apoiam esta prática em parceria com instituições locais.

A petição “Desperdício Alimentar” foi lançada pelo cidadão António Costa Pereira em julho. Há cerca de três anos quando estava a ajudar uma instituição lembrou-se de ir buscar as refeições que sobravam no refeitório de uma empresa. Contudo, não era possível porque a lei não permitia que transportasse as cerca de 100 refeições que sobravam diariamente por não ter as condições necessárias.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório