Ambiente

Maior lixeira a céu aberto do mundo é encerrada

NULL
Versão para impressão
O México anunciou esta segunda-feira o encerramento da maior lixeira a céu aberto a nível mundial, noticia a BBC. A decisão foi tomada devido às preocupações em relação à poluição do ar e dos aquíferos subterrâneos situados nas proximidades.
 
O mayor da Cidade do México, Marcelo Ebrard, sublinhou a importância da cessação de atividades da lixeira de Bordo Poniente, que é, no seu entender, um “enorme avanço” e vai contribuir para reduzir as emissões de dióxido de carbono em cerca de dois milhões de toneladas. 
 
O governo mexicano diz estar a negociar com as centenas de pessoas que vivem do que retiram do lixo com o objetivo de lhes encontrar ocupações profissionais fixas na transformação de resíduos e, entretanto, já começou a aposta numa estação de compostagem, que se encontra atualmente a fornecer fertilizantes orgânicos para os parques e jardins da cidade, bem como para os agricultores das áreas envolventes.
 
A par destas iniciativas, há planos para transformar resíduos de construção e demolição em novos materiais para serem aplicados nesse setor e uma empresa de construção civil vai queimar e converter em combustível 3.000 toneladas de lixo.
 
Em funcionamento há 26 anos, a lixeira de Bordo Poniente tem recebido em média 12.600 toneladas de lixo por dia, sendo responsável por 1,5% do total de emissões de gases com efeito de estufa produzidas no país. Até hoje, mais de 70 milhões de toneladas de resíduos foram depositados no local.
 
A notícia do encerramento está a ser vista com bons olhos pela comunidade local, assumindo-se esta medida como um passo importante nos esforços feitos pela Cidade do México no sentido de transformar o seu sistema de gestão de resíduos num dos mais ecológicos da América Latina.
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório