Cultura

Maestro luso dirigiu orquestra conceituada nos EUA

O maestro português Luís Clemente, atualmente à frente da Orquestra Sinfónica e Banda da Covilhã, dirigiu, este sábado, em Nova Iorque, a Shen Yun Symphony Orchestra, uma das mais prestigiadas orquestras sinfónicas daquela cidade.
Versão para impressão
O maestro português Luís Clemente, atualmente à frente da Orquestra Sinfónica e Banda da Covilhã, dirigiu, este sábado, em Nova Iorque, a Shen Yun Symphony Orchestra, uma das mais prestigiadas orquestras sinfónicas daquela cidade dos EUA. A oportunidade surgiu no seguimento de um concurso internacional em que o português é finalista.
 
O Performing Arts Center, da Shen Yun Symphony, acolheu cerca de 450 pessoas que quiseram ouvir um repertório que englobou a Sinfonia 40 de Mozart, a Sinfonia 2 de Brahms e o Concertino para clarinete de Weber e, de acordo com Luís Clemente, “a apresentação correu muito bem”.
 
Em declarações à Lusa, o maestro, de 36 anos, explicou que a oportunidade resultou da participação num concurso internacional promovido pela orquestra com o objetivo de encontrar jovens maestros que possam integrar a sua companhia no próximo ano artístico de 2013-2014. 
 
Luís Clemente está nos 10 finalistas da competição, escolhidos de entre mais de 300 participantes que se apresentaram em Nova Iorque e que são oriundos de países tão díspares como EUA, China, Nova Zelândia, França, Itália, Grécia, Espanha, Canadá, Venezuela e Portugal. 
 
Na sua página no Facebook, o maestro dividiu a satisfação de um sonho concretizado com os amigos. “Não posso deixar de partilhar a alegria de ter cumprido esta aventura em Nova Iorque”, escreveu, reforçando de que a sensação de estar no caminho “(longo, paciente e exigente) certo sobrepõe-se a todos os dissabores e menos bons momentos da vida”.
 
“Estou muito feliz com o que sucedeu hoje em Nova Iorque e com aquilo que vi e conheci”, garantiu Luís Clemente, que se encontra a frequentar, neste momento, o doutoramento em Direção de Orquestra na Universidade de Aveiro, sendo também responsável pelo Centro de Estágio de Direção de Orquestra de Sopros e maestro da Banda Sinfónica da Covilhã.  
 
Entre 16 e 20 de Setembro, o português vai ainda participar, com outros 11 maestros de todo o mundo, na Black Sea Conducting Competition, uma das três competições de direção de orquestra mais importantes da Europa, que acontece na Roménia.
 
Recorde-se que, o ano passado, como o Boas Notícias adiantou à data, Luís Clemente venceu o Concurso Internacional de Direção de Orquestra Sinfónica em Budapeste. 
 
Clique AQUI para aceder ao site oficial de Luís Clemente.

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub