Cultura

Macedo de Cavaleiros: Livros nas mesas dos cafés

"Uma pausa para a leitura" é o convite que uma associação cultural de Macedo de Cavaleiros faz com a distribuição de centenas de livros pelos cafés transmontanos. A associação responsável pelo projeto quer estender a iniciativa a todas as vilas e cid
Versão para impressão
“Uma pausa para a leitura” é o convite que uma associação cultural de Macedo de Cavaleiros faz com a distribuição de centenas de livros pelos cafés transmontanos. A associação responsável pelo projeto quer estender a iniciativa a todas as vilas e cidades da região.

Em cada mesa um livro para folhear ou apenas despertar a curiosidade enquanto alguém toma, por exemplo um café, é a ideia da Potrica, um grupo de acção cultural do Nordeste Transmontano, como disse à Lusa, Luis Pereira, membro daquela associação.

A iniciativa arrancou em dois cafés da cidade de Macedo de Cavaleiros e proximamente será alargada a Torre de Moncorvo, Mirandela e Bragança, segundo aquele dirigente.

De acordo com Luís Pereira, o propósito é, durante pelo menos um ano, colocar livros nas mesas de cafés de cidades e vilas de todos os concelhos da região.

“É apenas um modesto contributo da Associação Potrica para promover o gosto e os hábitos de leitura na região onde está inserida”, refere a associação.

A iniciativa arranca com algumas centenas de livros disponíveis, mas a ideia dos promotores é conseguirem ir angariando mais.

Luís Pereira lamenta que tenham “escrito a quase todas as editoras a pedir livros e só duas ou três tenham respondido”. “Destroem-se milhões de livros nas editoras porque já não se vendem”, lamentou.

A Potrica espera conseguir convencer mais editoras e cada vez mais cafés a aderirem à iniciativa e tem já destino para os livros depois de folheados no lazer da região.

Luís Pereira contou que “no final vai ser colocada uma etiqueta/autocolante em cada um e vão ser postos a circular, partindo para os mais diversos destinos através da modalidade Crossing Book”.

“É como um bando de pombas que vai partir, fazem a viagem e regressam depois ao local de destino. Aí poderemos saber por onde andaram”, explicou.

Pão e poesia

A Associação Potrica, criada há três anos, em Macedo de Cavaleiros, tem-se dedicado à divulgação da leitura e da cultura, introduzindo sempre algum factor de originalidade.

Em 2007, aproveitou as comemorações do o centenário do nascimento do escritor transmontano Miguel Torga e decidiu oferecer “alimento” para o espírito a quem comprava pão ou bolos, permitindo leituras rápidas no caminho das compras.

Duas pastelarias de Macedo de Cavaleiros aceitaram imprimir nos sacos e caixas excertos dos textos de Miguel Torga oferecendo aos clientes “Pão, Torga e Poesia”, o nome da iniciativa.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório