Sociedade

Má Despesa: Site denuncia despesismo do Estado

Cansados do despesismo do Estado português, três amigos decidiram lançar um site para denunciar e agregar todos os casos de Má Despesa das instituições públicas.
Versão para impressão
Cansados do despesismo do Estado português, que mesmo em situação de crise continua galopante, três amigos decidiram lançar um blogue para denunciar e agregar todos os casos de Má Despesa das instituições públicas. Atualizado quase diariamente, o site até já organizou os Prémios Nacionais do despesismo.

Os seis mil euros mensais brutos que a Presidência do Conselho de Ministros paga a um consultor de conteúdos, os 27 mil euros que a Câmara da Horta acaba de pagar por um carro, e os 765 mil euros que o Banco de Portugal gastou num contrato de 2 anos para telecomunicações móveis, são apenas algumas dos exemplos de despesismo denunciados, nos últimos dias, no site Má Despesa.

Este observatório online surgiu há quase um ano, no dia 01 de Abril de 2011, e embora algumas das informações divulgadas possam “parecer inacreditáveis”, os responsáveis pelo projeto garantem que não publicam nenhuma mentira.

Todas “as informações que publicamos são sempre identificadas com o link para o respetivo ajuste direto ou citando uma fonte sendo, por isso, facilmente verificáveis”, garantem os responsáveis do projeto ao Boas Notícias, numa entrevista via email.

Contra o esquecimento

O projeto foi lançado por três amigos – Rui Abreu (arquiteto), Rui Marques (jornalista) e Bárbara Rosa (jurista) -, todos na casa dos 30 anos, que cansados das constantes “notícias de despesismo divulgadas nos últimos anos” decidiram “criar uma plataforma que servisse de agregador desses exemplos para não caírem no esquecimento”.

Assim surgiu o Má Despesa, um site atualizado quase diariamente que lhes tem dado mais trabalho do que imaginavam. “Infelizmente, os exemplos (de más despesas) abundam. Se tivéssemos mais tempo e mais recursos seria um trabalho a tempo inteiro”, garantem.

Em jeito de balanço do primeiro ano de funcionamento, o site revelou, em Dezembro, os prémios Má Despesa 2011, onde Alberto João Jardim (e o respetivo despesismo do governo regional), o autarca Isaltino Morais e a Agência Nacional para a Qualificação e Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas conquistaram os principais galardões.

Sobre o objetivo do site, os três responsáveis explicam que passa também por informar e responsabilizar os cidadãos, promovendo um debate informado. “Também cabe à sociedade civil fazer este trabalho, de forma a que haja um escrutínio em tempo real sobre a forma como é gasto do dinheiro público”, sublinham.

Por isso, o Má Despesa incentiva os seus seguidores a denunciar casos de despesismo – através do email madespesapublica@gmail.com – e também a tomar parte ativa nesta luta protestando junto das entidades responsáveis.

Clique AQUI para consultar o blogue Má Despesa e AQUI para consultar os vencedores dos prémios de despesismo 2011. O grupo tem também uma página no Facebook que pode ser consultada AQUI.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório