Ciência

Lula-verme descoberta nas profundezas do Pacífico

Cientistas norte-americanos apresentaram esta semana uma nova espécie de lula-verme descoberta nas profundezas do oceano entre a Indonésia e as Filipinas, no mar de Celebes, no Oceano Pacífico.

Versão para impressão
[Fotografia: © Laurence Madin, Woods Hole Oceanographic Institution]
Cientistas norte-americanos apresentaram esta semana uma nova espécie de lula-verme descoberta nas profundezas do oceano entre a Indonésia e as Filipinas, no mar de Celebes, no Oceano Pacífico.

A criatura com o nome científico de Teuthidodrilus samae alimenta-se de plâncton, mede até nove centímetros e tem aproximadamente dez tentáculos.

Os pequenos tentáculos que apresenta na zona da cabeça podem ter, de acordo com os cientistas, propriedades sensoriais que permitem à lula-verme provar e cheirar debaixo de água, conforme refere a AFP.

A lula-verme, apesar da sua aparência “fantasmagórica”, desloca-se com elegância, por meio de finas protuberâncias que funcionam como remos ondulantes.

O Mar de Celebes é uma zona profunda isolada das águas circundantes mais superficiais e faz parte do Triângulo Coral, um centro privilegiado e único, quase imperturbado que alberga uma história geológica extraordinária.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório