Inovação e Tecnologia

Londres: Mulher paralisada faz metade da maratona

A britânica Claire Lomas perdeu o movimento das pernas há cinco anos, num acidente de cavalo, e nunca mais conseguiu recuperar a mobilidade. Mas há quatro meses começou a testar um novo equipamento que lhe permitiu completar, pelo próprio pé, metade
Versão para impressão
A britânica Claire Lomas perdeu o movimento das pernas há cinco anos, num acidente de cavalo, e nunca mais conseguiu recuperar a mobilidade. Mas há quatro meses começou a testar um novo equipamento que lhe permitiu completar, pelo próprio pé, metade da maratona de Londres.

A jovem conseguiu, com a ajuda de amigos e familiares, pagar o valor de 43 mil libras (cerca de 53 mil euros) pelas “calças robóticas” ReWalk. Depois, foi uma questão de perseverança. Há apenas algumas semanas, Claire apenas conseguia dar 30 passos de cada vez.

À BBC, a britânica explicou que não é fácil utilizar o equipamento, já que não sente as pernas. “No princípio, tive que redescobrir o meu equilíbrio”, refere. Para isso, depende de sensores de movimento para ajudá-la a movimentar e levantar as pernas.

Profissional de equitação, Claire participava numa competição equestre em 2007, quando o seu cavalo colidiu com uma árvore, deixando-a com fraturas no pescoço, coluna e costelas. Os médicos informaram-na de que nunca mais poderia andar e que teria de recorrer a uma cadeira de rodas para se deslocar.

Participação na prova angaria fundos para ajudar outros paralisados

Agora que conseguiu esta proeza, o próximo objetivo de Claire é terminar, até ao dia 8 de Maio, a totalidade do percurso da maratona: uma distância de 42 quilómetros.

A sua participação na corrida serve também para arrecadar fundos para a organização de investigação em paralisia Spinal Research. Na terça-feira, Claire já tinha atingido as 50 mil libras estipuladas (cerca de 61 mil euros).

“Há muita gente que está numa situação pior do que a minha e não tem o apoio que eu tive, por isso quero arrecadar o máximo de doações possível para ajudá-las”, disse à BBC.

Clique AQUI para aceder ao site da campanha de Claire onde pode deixar um donativo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório