Ciência

Londres instala relógio lunar em 2012

O primeiro relógio lunar do planeta será instalado em 2012 perto do rio Tamisa, em Londres, e vai chamar-se Aluna. Composto por uma grande estrutura de anéis concêntricos irá indicar as fases da lua, a sua posição no céu e a altura das marés.
Versão para impressão
O primeiro relógio lunar do planeta será instalado em 2012 perto do rio Tamisa, em Londres, e vai chamar-se Aluna. Composto por uma grande estrutura de anéis concêntricos irá indicar as fases da lua, a sua posição no céu e a altura das marés.

O Aluna terá 40 metros de largura com uma altura igual a cinco andares e três anéis concêntricos feitos de vidro translúcido reciclado. Com recurso às últimas tecnologias o Alunatime vai funcionar com energia das marés do rio Tamisa através de turbinas.

O primeiro anel representará a fase lunar, o segundo anel o dia lunar e o terceiro a maré. Será instalado na capital britânica que albergará simultaneamente os Jogos Olímpicos.

Propõe-se a ser um marco à beira-rio e uma escultura pública que une arte, ciência e espiritualidade, conforme refere o site oficial do projeto. Irá relembrar os ciclos naturais que formam o nosso passado e determinam o nosso futuro.

A palavra Aluna deriva inclusive de um dialeto de um povo indígena da Colômbia. “Significa memória, possibilidade. Estarmos em sintonia com o ritmo do planeta e viver em harmonia com o nosso planeta”, conta à BBC um dos curadores do projeto.

Saiba mais sobre o funcionamento do Alunatime e veja a animação em 3D no site oficial do projeto.
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório