Fitness & Bem-estar

Loja de Comércio Justo promove economia solidária

Em Lisboa, o Centro de Investigação e Desenvolvimento Amílcar Cabral conta uma Loja de Comércio Justo onde é possível encontrar produtos alimentares e de artesanato oriundos da Ásia, África, América Latina e de Portugal. A mesma tem por objetivo prom
Versão para impressão
Em Lisboa, o Centro de Investigação e Desenvolvimento Amílcar Cabral conta uma Loja de Comércio Justo onde é possível encontrar produtos alimentares e de artesanato oriundos da Ásia, África, América Latina e de Portugal. A mesma tem por objetivo promover uma economia solidária e respeitadora do meio ambiente. 
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a Loja de Comércio Justo é apresentada como um “movimento social que aspira a transformar os atuais modelos de relações económicas desiguais e a participar na construção de alternativas, através de uma prática comercial alicerçada na justiça e no respeito pelos intervenientes na cadeia, em especial os produtores/as e os trabalhadores/as”.
 
Em plena época natalícia, nesta loja associativa sem fins lucrativos, onde todas as receitas revertem para o trabalho que é ali realizado com produtores e produtoras, o lema é “fazer rimar Natal com Justiça Social e Ambiental”.
 
Com artigos alimentares a partir de 0,80 euros e de artesanato a partir de 1,50 euros, a Loja de Comércio Justo surge como uma forma de, “em tempo de crise, fazer do nosso poder de compra uma força de transformação para mais justiça social, ao apoiar iniciativas que defendem uma outra economia e um outro mundo, mais solidários”. 

Saiba mais sobre esta Loja de Comércio Justo AQUI, na sua página de Facebook.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub