Cultura

Locarno: Filme português com estreia mundial na Suíça

O filme "Se eu fosse ladrão... Roubava" vai ter estreia mundial em Agosto, no Festival de Cinema de Locano, na Suíça. Trata-se do último filme do realizador português Paulo Rocha, deixado incompleto devido à sua morte em Dezembro do ano passado.
Versão para impressão
O filme “Se eu fosse ladrão… Roubava” vai ter estreia mundial em Agosto, no Festival de Cinema de Locano, na Suíça. Trata-se do último filme do realizador português Paulo Rocha, deixado incompleto devido à sua morte em Dezembro do ano passado.
 
O anúncio foi feito pela organização do festival, que divulgou esta sexta-feira o cartaz completo para a 66ª edição do evento cinéfilo. De 7 a 17 de Agosto, o festival vai exibir outras sete produções portuguesas, estando a de Paulo Rocha fora de concurso.
 
“Se eu fosse ladrão… roubava” foi rodado em 2011 com Isabel Ruth e Márcia Breia no elenco. A película não chegou a ser concluída devido à morte do realizador, a 29 de Dezembro de 2012, aos 77 anos.
 
O argumento ficou a cargo de Regina Guimarães, João Carlos Viana e de Paulo Rocha, a partir de histórias e memórias do realizador. A montagem e edição foram mais uma vez assinadas por Edgar Feldman, que trabalhava com o cineasta desde a década de 90.
 
No festival de Locarno será ainda prestado um tributo ao realizador, com a exibição das longas-metragens “Os verdes anos” (1963), premiado com a medalha de prata na edição de 1964, e “Mudar de Vida” (1966).

Um festival suíço repleto de cinema português

A edição do Festival de Locarno deste ano irá contar com uma forte presença da cinematografia nacional. “E agora? Lembra-me” é um dos que integra a competição a nível internacional.

Realizado e protagonizado por Joaquim Pinto, o filme faz uma “reflexão aberta e eclética no tempo e na memória, sobre epidemias e globalização, sobre a sobrevivência além de todas as expectativas, a dissidência e o amor absoluto”.
 

Na secção Pardi di Domani está também a curta-metragem “Versailles”, de Carlos Conceição, com Isabel Ruth e João Arrais no elenco.
 
Já fora de concurso, vão ser exibidas as curtas-metragens “Mahjong” e “O Corpo de Afonso”, ambos de João Pedro Rodrigues, sendo que a segunda integra o ciclo “Histórias de Guimarães” feito a convite da Capital Europeia da Cultural 2012.

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub