Fitness & Bem-estar

Lisboa vai mesmo entrar no novo Monopólio mundial

Lisboa foi uma das cidades escolhidas para integrar uma edição especial do Monopólio que vai ser lançada em Setembro para celebrar o 80.º aniversário do mais famoso jogo de tabuleiro. A capital portuguesa foi a 4.ª mais votada a nível internacional.
Versão para impressão
Lisboa foi uma das cidades escolhidas para integrar uma edição especial do Monopólio que vai ser lançada em Setembro para celebrar o 80.º aniversário do mais famoso jogo de tabuleiro. A capital portuguesa foi a 4.ª mais votada a nível internacional e vai integrar o segundo bairro mais caro.
 
A lista final das 22 cidades selecionadas foi divulgada esta quinta-feira, dia em que o jogo celebrou o seu 80.º ano de existência, pela Hasbro, empresa norte-americana responsável pelo “Monopoly”, nome original que foi adaptado para português quando este chegou ao nosso país, na década de 1950, distribuído pela Majora.
 
Como forma de assinalar a ocasião, a fabricante do jogo juntou-se à plataforma online Buzzfeed e convidou os jogadores de todo o mundo a selecionar as suas cidades favoritas para que estas se tornassem propriedades no novo “Monopoly – Here & Now”. 
 
Lima, no Peru, foi a que recebeu o maior número de votos dos utilizadores e conquistou o primeiro lugar, que lhe vai valer o título de propriedade mais cara a poder ser comparada – o equivalente ao “Rossio” na edição portuguesa do jogo.  A completar o bairro mais caro, o azul escuro, está Hong Kong, na China, que terminou a votação em 2.º lugar.
 
Lisboa, que vai ser representada pela Torre de Belém, aparece logo abaixo na lista, tendo sido apenas ultrapassada pela capital da Letónia, Riga, que arrecadou a 3.ª posição. Junto com Istambul, na Turquia, as três cidades formam o bairro verde, o segundo mais luxuoso do tabuleiro. 
 
Os cerca de quatro milhões de votos registados em 182 países determinaram, por outro lado, que a cidade de Madrid, na vizinha Espanha, será a propriedade mais barata do do jogo, partilhando com Giethoorn, na Holanda, o bairro castanho do “Monopoly – Here & Now”.
 
“Convidar os nossos fãs a envolverem-se na criação do novo Monopólio foi uma excelente forma de celebrar o 80.º aniversário da marca”, afirma, num comunicado divulgado esta quinta-feira, Jonathan Berkowitz, vice-presidente do departamento global de marketing de jogos da Hasbro.
 
Segundo Berkowitz, “foi fantástico ver os fãs e as organizações locais de todo o mundo a unirem-se pelas suas cidades”. “Ficámos maravilhados com o orgulho inacreditável que todos mostraram durante a votação”, admitiu o responsável. 
 
O jogo “Monopoly – Here & Now” vai começar a ser comercializado no Outono e contará com símbolos das diferentes cidades, apresentando, também, aos fãs uma nova forma de jogar: os jogadores terão de “correr” em redor do tabuleiro para visitar o maior número possível de cidades e colecionar carimbos de passaporte pelo caminho.
 
Além disso, os jogadores vão ganhar “dinheiro” com as suas propriedades: sempre que um dos oponentes parar numa delas será obrigado a pagar uma taxa. O vencedor vai ser quem conseguir preencher o passaporte com maior rapidez. 
 
Conheça abaixo a lista completa de cidades que vão integrar o jogo e os respetivos bairros:
Azul Escuro: Lima (Peru), Hong Kong (China)
Verde: Riga (Letónia), Lisboa (Portugal), Istambul (Turquia)
Amarelo: Varsóvia (Polónia), Cidade do México (México), Santiago (Chile)

Vermelho: Belfast (Irlanda), Atenas (Grécia), Belgrado (Sérvia)

Laranja: Londres (Inglaterra), Moscovo (Rússia), Tóquio (Japão)
Magenta: Nova Iorque (EUA), Amesterdão (Holanda), Sidney (Austrália)

Azul Claro: Queenstown (Nova Zelândia), Cidade do Cabo (África do Sul), Taipei (Taiwan)

Castanho: Giethoorn (Holanda), Madrid (Espanha)

Notícia sugerida por Vítor Fernandes 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório