Sociedade

Lisboa: Serviço de tele-enfermagem para idosos

A Junta de Freguesia da Cruz-Quebrada/Dafundo, perto de Lisboa, lançou um serviço de tele-enfermagem dirigido à população idosa - que naquela localidade constitui mais de metade da população. A iniciativa permite esclarecer dúvidas e divulgar conselh
Versão para impressão
A Junta de Freguesia da Cruz-Quebrada/Dafundo, perto de Lisboa, lançou um serviço de tele-enfermagem dirigido à população idosa – que naquela localidade constitui mais de metade da população. A iniciativa permite esclarecer dúvidas e divulgar conselhos de saúde, mas reveste-se também de grande importância a nível social.

Todas as sextas-feiras, durante a tarde, a enfermeira Ana Gonçalves dá conselhos de saúde aos utentes daquela freguesia através de videoconferência, um serviço disponibilizado pelo MSN Messenger, o programa de conversação em tempo real. Uma webcam e um microfone bastam para garantir a comunicação.

Mas se para muitos idosos as novas tecnologias são um grande obstáculo, já outros surpreendem-se com a facilidade com que se habituam a elas. É o caso de Maria Teresa, 84 anos, uma das utilizadoras do serviço de tele-enfermagem: “O meu neto vai-se rir quando lhe disser que estive aqui a falar ao computador”, diz à RTP.

Contudo, para os idosos este serviço é mais do que uma simples ajuda ao nível médico; trata-se, também, de uma companhia, ao “permitir identificar situações de urgência de caráter social”, frisa o presidente da Junta de Freguesia, Paulo Freitas do Amaral.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório